quinta-feira, 4 de setembro de 2008

Nijinsky, Leon Bakst e George Barbier

Como vocês já devem ter percebido ... eu adoro ballet ! Sou fissurada no desenho dos corpos em movimento. Então, já estava demorando para eu falar de Nijinsky ! Mas calma, vou apenas juntar o útil ao agradável e aproveitar para, a partir dele, falar de dois ilustradores geniais do início do século passado : Leon Bakst e George Barbier.
.

Vaslav Nijinsky (1890–1950) nasceu em Kiev e começou a estudar ballet aos 10 anos. Era dotado de um tendão de Aquiles excepcionalmente longo, o que transformava a sua capacidade de se elevar do chão, e a ele retornar como se não tivesse peso, algo nunca visto. Contratado por Diaghilev para os Ballets Russes, revelou ao mundo a natureza surpreendente da sua dança e a versatilidade que o tornava apto a interpretar qualquer género de ballet. “Les Sylphides”, “Petrouchka”, “Shéhérazade”, “L´après-midi d´un faune”, “Sacre du Printemps” são bailados onde a sua genialidade se mostra em todo o seu esplendor. Porém, sua fragilidade psicológica o afasta dos palcos em 1917. O seu precário equilíbrio mental o separava de um mundo violento e grosseiro ao qual a sua sensibilidade nunca se adaptara. Foi certamente uma das mais fascinantes personalidades do seu tempo.
.
Agora aos desenhos:
Léon Bakst já era um experiente ilustrador e cenógrafo em 1909, quando se juntou à companhia de Serge Diaghilev (Ballets Russes). Abaixo, desenho inspirado em Nijinsky .

E outro trabalho de Bakst:Para saber mais sobre o artista: clique aqui .

George Barbier iniciou sua carreira como figurinista e cenógrafo dos "Ballets Russes", onde se inspirou pelos movimentos de Nijinsky. Seu primeiro livro publicado foi justamente sobre os figurinos desenhados para o bailarino ( por volta de 1920).

Abaixo a capa do livro:

E diversos figurinos desenvolvidos para o bailarino e desenhos inspirados por ele:Para ver mais trabalhos do artista, clique aqui.
.
Por enquanto é só, mas já vou avisando, tem outro livro do Marcinho que já está separado para entrar no scanner e que traz diversos desenhos de outros artistas retratando Nijinsky ... aguardem ....
.
E também já vou adiantando outra paixão, que são os desenhos de Erté ... este livro eu tenho e também já está na fila ....

E no início da próxima semana, divulgaremos o resultado do nosso sensacional concurso MONSTROS ! ( depois de todo este lirismo)
.
E peralá, se você nunca tinha ouvido falar de Nijinsky, Fokine, Diaghilev, Ballets Russos ... google, wikipedia, youtube, locadora ( existem 3 filmes sobre o bailarino) já !

3 comentários:

Aline Bottcher disse...

a.d.o.r.e.i!
Amanhã vou escanear o meu mais novo catálogo do Mucha.. não sei pq, mas esse post me lembrou mto do mucha...

Marcinho disse...

Super referência, trabalhos maravilhosos! Sem contar os desenhos que o próprio Nijinsky fazia, mais um que não virou 'designer'...
Aline, manda bala! :)

Betão Fialho disse...

quem é mucha, é do mucha lucha?
hehehehe
tô brincando....o post é muito bom, e vale a pena procurar pelos que desenham e não são designers, e muito menos desenhistas.