terça-feira, 16 de setembro de 2008

Mico leão dourado!

Aniversário de criança + cantoria + andança = megamico!
Caríssimos,
Sábado passado eu e DªMaria fomos no aniversário da filhinha da nossa comadre, aquela que engole a mão. Bom, papo vai , papo vem, carne louca, cerveja, wiskie, cama elástica, crianças correndo feito loucas, bolo brigadeiro e......tcharans!
Me aparece um figura com violão, microfone e tudo mais. Senta no meio da galera e começa o espetáculo de música ao vivo. Neste momento eu olhei para minha cônjuge e ao mesmo tempo falamos: "Ele vai cantar Andança!" Não deu outra. O melhor é que a família inteira pensou como nós e todo mundo rachou o bico. É melhor vocês assistirem o vídeo e tirar as conclusões. Mas é inevitável, sempre que uma mala aparece numa festa, puxa um violãozinho, sempre tem outra mala que pede: "Toca Andança!"

6 comentários:

Valéria Fialho disse...

hehehe ... é isso que dá misturar birita com brigadeiro ! o pior é que sempre tem uma "mala maior ainda" com o celular em punho pra registrar o momento !
mas é por essa e por várias outras que não perdemos por nada uma festinha na casa da Rê e do Zequinha ! ( e os brigadeiros é claro !)

Neusa disse...

Que ridículo! Ainda bem que não conheço essas pessoas... Pena que vocês foram embora tão cedo, perderam o Guilherme, depois de muita pressão geral, cantando Caubi.

Beijos

Renata disse...

Galera,
Andanças é um clássico e não podia faltar...mesmo porque todo mundo sabe cantar... foi sensacional.... adorei!!!!

Ivani disse...

Um violão numa feesta é o que há de melhor .Claro que com violão presente "Andança não poderia faltar. Mas o imperdível foi "Conceição " cantada pelo Gui imitando o Cauby.
Adorei.
Ivani.

Silvio disse...

Para não confundir - Silvio Alpendre - tio da Rê.
Era uma festa. Mas de criança? Tenho dúvidas. Rolou cerjeva, uisque (mais de uma garrafa), muito cigarro, charuto (um monte, e dos bons). Teve brigadeiro, mas por exigência de alguns adultos. Por vezes ouvi "de quem são essas crianças? Não está na horas dos pais virem buscá-las? Tudo começou as 15 horas e terminou no dia seguite à uma hora. Festa sima, mas não criança. Teve parabéns, alguns pensaram que foi pela primeira rodada dos cubanos. Quanto à música. Teve Andança, mas faltaram Coração de Estudante, Trem das Onze (mas Adoniram não faltou), Saudosa Maloca. Lamentei que não convidaram o Zeca e a mim para fazermos um dueto. Isso fica para a próxima, quando tivermos pelo menos dois microfones e um retorno. Olha o retorno aí! aumenta essa porra!
Deu uma hora. A nuvem de gafanhotos se foi, o que sobrou? pouca coisa em pé. Pobre Rê, Zeca e Ivani.

Valéria Fialho disse...

... pena mesmo que eu perdi o cauby ! mas tudo bem , em breve tem o aniversário do Vitor !
... ainda bem que a casa foi projetada para ser a prova de festas ! ( pelo menos para isso os arquitetos serviram ... hehehe)
... já estou ensaiando no chuveiro: foi nos bailes da vida ou num bar em troca de pão ...