domingo, 28 de setembro de 2008

Guillermo del Toro, Hellboy e um caderninho

Semana passada, depois de assistir "Ensaio sobre a cegueira" (imperdível) resolvi assistir "Hellboy 2", do Guillermo del Toro. Eu gosto muito deste cineasta que, além de ter realizado o primeiro filme do Hellboy, fez o belíssimo "O Labirinto do Fauno" (se você não viu, veja com urgência). Nada melhor do que um filme bem "pipoca" pra relaxar e lá fomos Eu e Betão em plena sessão das 5 da tarde para o cinema mais próximo ... O filme é muito bacana, vale a pena assistir, mas a direção de arte é fenomenal ! E eu nem sou uma fã incondicional do personagem, embora goste muito do traço de seu criador Mike Mignola. Ambos os filmes da série são muito bem feitos com roteiros caprichados e elenco afinado, mas neste último a "mão" do diretor se faz muito mais presente e fica muito claro que a consagração do "Labirinto" não foi à toa ... Guillermo del Toro é, antes de tudo, um artista incrível e seu "caderninho" de anotações (disponibilizado em parte no site oficial do filme) deixa isto bem claro.



Bom , além de recomendar o filme, recomendo uma visita ao site oficial da produção que apresenta um monte de informação bacana e ainda vários desenhos de concepção. Abaixo dois desenhos do Francisco Ruiz Velasco, que trabalhou com o Guillermo na produção.

Acima a sala do trono e abaixo o herói do filme com sua pequena arma.

A quantidade de criaturas é insana, o mercado dos trolls é inacreditável e o "exército dourado" é uma "traquitana" de respeito, mas minha sequência preferida é a abertura do filme, quando um hellboy ainda criança escuta de seu "pai" a lenda do exército dourado ... ficou curioso ? Vai ver o filme !

http://www.hellboymovie.com/

3 comentários:

Betão Fialho disse...

Grande película!

Marcinho disse...

Pipoca com nota-de-rodapé!

Jaci Conigham disse...

Só é bonito... Ô historinha mal contada e chata! E nem comprei pipoca porque os caras não tinham máquina pra cartão...