quarta-feira, 23 de julho de 2008

quarta-feria feliz 011


e hoje é dia de controvérsia!

as propagandas da empresa italiana BENETTON sempre foram chocantes, atrevidas e chamavam a atenção por causa dos temas quem expunham. as campanhas tinham foco na marca e não nos produtos e suas imagens marcantes eram fruto da imaginação de um homem brilhante, o fotógrafo italiano oliviero toscani, diretor de criação da marca ao longo dos anos 90.
os temas foram guerra, religião, ganância, fome, preservação de patrimônio cultural, imigração, missigenação, ecologia, entre outros. (veja todas as campanhas aqui)

o ápice de ousadia foi uma campanha da marca que trazia imagens de assassinos condenados nas cadeias americanas, e suas impressões sobre o sentido da vida. essa campanha afastou oliviero da benetton. ele abriu seu próprio estudio e hoje continua com outras atividades...

as imagens abaixo são fantásticas e vocês devem se lembrar delas, desde que você não tenha nascido na década de 90, é claro...










na década de 90 em paralelo às campanhas da benetton, oliviero em parceria com o designer tibor kalman lançou a INCRÍVEL revista colors que com seu slogan 'uma revista sobre o resto do mundo' atacava os mesmos temas das campanhas de uma forma mais profunda. cada revista tinha um assunto: religião, compras, turismo, aids, raça, dinheiro, loucura, telenovelas, etc..
teve até uma revista sem palavras e uma feita pra daltonicos (!).






as revista geraram ainda uma série de livros sobre objetos estranhos e hábitos inusitados dos serem humanos ao redor do mundo...

hoje as campanhas são menos chocantes, mas continuam engajadas. a nova campanha é sobre micro-crédito para pequenos comerciantes africanos e o material publicitário como sempre é incrível.

isso que é engajamento!

6 comentários:

Marcinho disse...

É, o trabalho do cara é muito bom mesmo. Ô se me lembro das propagandas, qdo aparecia outdoor novo, era sempre algo inusitado, com fotografias sempre lindas. A dos corações e a dos refugiados são foda! Tudo bem que eles podem até continuar engajados, mas que perdeu a graça (e a força), perdeu...

serafini disse...

Acho que a mais forte foi a do cara morrendo de aids... Tem no link.

Outra coisa bacana era a interação que o site Colors fazia com a revista. Sempre super efeitos de ponta em flash. Para ver em 800x600.

Alexandre Grazzini disse...

pode crer tb lembro bem, achava legal mas tinha um pouco de medo de falar pq meus avós achavam um absurdo, de extremo mal gosto!!!

Silvio disse...

a minha favorita é a do padre e da freira, meio pervertido eu sei, mas acaba sendo um tapa na cara da massa católica.. ainda mais vindo de uma empresa italiana...

Marcinho disse...

Hahaha... Com certeza, e olha que eles até pegaram leve com a igreja! A cena é até romântica. Podia ser bem pior em se tratando de taras religiosas (ou de religiosos, no caso).

Betão Fialho disse...

Isso me faz lembrar do meu inesquecível moleton verde que eu tinha quando era solteiro, e que quando eu casei, minha esposa em conluio com minha mãe, defenestrou-o após oito anos de valiosos serviços prestados e muitas manchas históricas! Foi uma convivência muito gratificante. Onde ele estiver descanse em paz!