quinta-feira, 7 de agosto de 2008

Expressionismus

Ainda na onda dos cartazes para cinema, posto aqui alguns feitos para filmes alemães do início do século XX, mais especificamente década de 1920 e início de '30 (antes de o país descambar pra total ignorância), acompanhados de algumas imagens do chamado 'cinema expressionista' iniciado com 'O Gabinete do Dr. Caligari'. Já aviso que não é nenhuma pesquisa aprofundada sobre o tema, apenas uma breve amostra do que conheço e admiro. Para fechar, claro, 'O Anjo Azul', filme que tornou Marlene Dietrich conhecida, com cenas obscuras, ainda muito influenciado pela estética do cinema mudo, em que o 'anjo' acaba com a vida de um severo velho professor. Além da estética incrível, que até hoje influencia diferentes manifestações artísticas no mundo todo, os filmes são ótimos! Vale a pena procurar na seção de clássicos da locadora... :)

O Gabinete do Dr. Caligari (Robert Wiene, 1920)
Das Frauenhaus von Brescia (Hubert Moest, 1920) Dr. Mabuse, der Spieler (Fritz Lang, 1922)Die Nibelungen (Fritz Lang, 1924)
Metropolis (Fritz Lang, 1927)Berlim, Sinfonia da Metrópole (Walther Ruttmann, 1927)
A Caixa de Pandora (G. W. Pabst, 1929)
Berlin-Alexanderplatz (Phil Jutzi, 1931)
O Testamento do Dr. Mabuse (Fritz Lang, 1933)O Anjo Azul (Josef von Sternberg, 1929)
Blonde Venus (Josef von Sternberg, 1932)

Ok, 'Blonde Venus' não tem nada a ver com 'cinema expressionista alemão'. É um filme já da fase hollywoodiana (notem a data) da atriz e do diretor. Mas não resisti postar aqui pq o cartaz é lindo e pela cena antológica em que M. Dietrich entra no palco vestida de macaco! hehe... eu sei, está se tornando uma obsessão!

4 comentários:

Valéria Fialho disse...

os cartazes são maravilhosos ... agora esta fixação na Marlene ( e ainda vestida de macaco !) só Freud explica !

Betão Fialho disse...

expressionante!

Silvio disse...

impressionante é macaco vestido de marlene, tipo traveco da gala gay....

Betão Fialho disse...

ô marcinho como é mesmo o nome dessa tia aí?
hehehehehe