sexta-feira, 20 de junho de 2008

Cthulhu !

Esta é uma contribuição do Alexandre Grazzini para a nossa seleção de monstros - o CTHULHU :
"No fundo do Oceano Pacífico, enterrado na estranha cidade de pedra de R'lyeh, dorme um ser de poder inimaginável. Olhar sua forma já pode custar-lhe sua sanidade. Ele permaneceu adormecido sob as águas durante muito tempo e continuará dessa forma até que as estrelas tomem posição, ao que ele despertará e recuperará o domínio da Terra.
Ele é Cthulhu, o maior dos "antigos"; seres extraterrestres titânicos que foram, provavelmente, até mesmo os verdadeiros criadores do homem!

H.P. Lovecraft, um dos mais célebres escritores do gênero conhecido como ficção sobrenatural, criou Cthulhu como parte de uma mitologia maior que envolvia essas criaturas alienígenas cuja existência está fora da compreensão humana. Embora Cthulhu seja apenas uma de muitas criaturas nascidas da caneta de Lovecraft, ele atingiu um nível de notoriedade e fama que frustra seus primos horrendos.

Cthulhu teve sua primeira aparição oficial no conto "O Chamado de Cthulhu" (Call of Cthulhu), escrito por Lovecraft, em 1926, embora nenhuma personagem viva na história tenha visto a verdadeira criatura. As personagens do conto vêem Cthulhu nos sonhos ou em desenhos.
O narrador da história diz que a estátua de Cthulhu parecia, em parte, um polvo, um dragão e uma criatura semelhante ao homem ou antropomórfica. A partir dessa descrição, artistas e escultores criaram um desenho representando o monstro com uma cabeça parecida com a de um polvo (completamente cheia de tentáculos) e um par de asas presas às costas.

Lovecraft não revelou muitas coisas sobre Cthulhu em sua primeira história. Escreveu que Cthulhu tinha dominado a Terra uma vez e que, um dia, ele o faria novamente. À medida que a história se desenvolve, o narrador descobre que Cthulhu ficou preso em uma cidade de pedra no fundo do oceano, mas que um terremoto trouxe parte da cidade de volta à superfície. Embora Cthulhu não tenha despertado, ele era capaz de comunicar-se telepaticamente
com pessoas malucas ou particularmente criativas (as mentes mundanas e racionais parecem estar isoladas da influência de Cthulhu). Quase no fim da história, o narrador descobre que, após uma forte tempestade, a cidade afundou novamente, e Cthulhu aparentemente volta a sonhar mais uma vez. A história também introduz o Culto de Cthulhu, uma organização de pessoas que estão convencidas de que o retorno de Cthulhu é inevitável e que trabalham para acelerá-lo. Eles prevêem o momento em que Cthulhu aparecerá e dominará a Terra, e a humanidade abandonará os conceitos de civilização e proibição. O resultado será o caos, e os homens festejarão em seus instintos mais básicos."

3 comentários:

Zim! disse...

MEU DEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEEUS!!
O Poderoso Cthulhu! *-*
o Lovecraft é demais! e td mitologia q ele crio é mais ainda!
Recomendo "Nas Montanhas da Loucura", ou algo assim =D

Esse Ser é foda!
To esperando ele acorda ainda!
ueheheuheuheuhe

Valéria Fialho disse...

Uau ! Isso é que é monstro !
Aterrador !
Muito boa a referência !
Aguardamos mais colaborações suas Alexandre !

serafini disse...

"homens festejarão em seus instintos mais básicos"
Em resumo... Uma bela suruba!